CONSELHO TUTELAR – Candidatos que perderam vão ao MP reivindicar nova eleição

263
Sede da entidade em Votuporanga

Sete candidatos aos cargos de conselheiros tutelares na eleição que aconteceu no último domingo alegam irregularidades no pleito. Eles procuraram o Ministério Publico para que outra eleição seja realizada.

No oficio, assinado por Adriana C. de Jesus Rosa, Regina Preto Rodrigues, Francisco Machado Faria Bezerra da Silva, Janete Pereira Martins, Jose Roberto Garcia (Beto), Paulo Cesar Carrilho e Rosa Helena Ruiz; eles alegam que não concordam com os resultados e apontam inúmeros indícios de irregularidades que acabaram por contaminar o resultado da eleição. Afirmam que alguns candidatos transportaram eleitores ate o local da eleição, denunciam suspeita de compra de votos, além falta de transparência no sistema adotado para o exercício do voto com o cadastramento em um ambiente e a votação em outro espaço, o que poderia acontecer alguma interferência externa. Alegando um mar de irregularidades eles pedem ao MP que seja marcada uma nova eleição.