CADERNO LIVRE – Desenvolva suas habilidades sejam elas quais forem

174

Gustavo Rapassi

Para praticar as atividades do dia a dia você precisa de uma rotina e para aliviar seu estresse e suas tensões você precisa quebrar a rotina. Quebrar a rotina para fazer algo apenas por prazer é um estímulo para a sua saúde física e mental.
Suas habilidades físicas e mentais são estimuladas no dia a dia com as suas funções de trabalho, mas estimular outras funções que não sejam por necessidade ou por obrigação do oficio e são realizadas apenas por prazer, como a prática da pintura artística de forma descontraída e sem cobranças, podem te garantir uma qualidade de vida.
É comum casos de pessoas que se aposentam em suas profissões e após isso não sabem o que fazer e acabam adoecendo. Sendo assim, incentivar uma atividade prazerosa é tão importante quanto a própria aposentadoria. Mesmo que você goste do seu trabalho e se realiza nele, ter um hobby, ou seja, fazer algo apenas por prazer pode ser uma atividade que dê mais ânimo e motivação para sua vida. Para que você seja feliz hoje. Melhor ainda se esse hobby for de uma atividade diferente da que você trabalha. Por que aí vai estimular outras áreas de sua mente e do seu corpo físico. Seja com marcenaria, com artesanato, com linhas ou cola e papel, ou ainda massas de modelar, cultivar alguma coleção, enfim tantas atividades que seria impossível citar cada uma delas.
Pode ser que você já tenha ou já pratique o seu hobby e nem perceba, algo que você faça e te deixa feliz, como cuidar de neto ou de alguém, ou dos seus bichinhos ou do seu jardim. Mesmo com todos os desafios e obrigatoriedade dessas funções, elas podem fazer parte do seu hobby. O ritmo e a frequência dessa prática devem ser definidos por você de acordo com suas necessidades, possibilidades e limitações. Mas não deixe o estresse ser maior do que a descontração no seu hobby. Tome cuidado com as cobranças e pressões que você mesmo coloca sobre suas ações.
Um hobby com uma atividade individual de introspecção e ao mesmo tempo de exteriorização dos sentimentos e das angustias, assim como é a prática da pintura, é ideal para quem vive servindo e se dedicando aos outros. Fazer uma atividade apenas por prazer e com objetivo de agradar somente a você mesmo, é como uma meditação, onde você vai se curtir, alinhar seus pensamentos, rever seus conceitos, entrar em contato com as suas crenças e consigo próprio.
Se permita essa realidade, porque em qualquer situação que você estiver, você precisa cuidar da sua saúde mental e física para continuar cumprindo com suas obrigações do dia a dia. Minha dica é que você experimente extravasar com as tintas e me conte depois como foi. Mas lembre-se, divirta-se durante essa prática.